Testo


Namo Kuan Shih Yin Pu Sa
Fatima dos Anjos - Portal Arco Íris


Bem Vindos

Bem Vindos ao Portal Arco Íris - Kuan Yin

quinta-feira, 10 de novembro de 2016

AS ETAPAS PARA O PERDÃO


AS ETAPAS PARA O PERDÃO
1. Esteja aberto à possibilidade de mudar as suas crenças acerca do perdão. Reconheça que o perdão é um ato de fortaleza e não de fraqueza.

2. Esteja disposto a deixar de ser uma vítima. Escolha acreditar que agarrar-se às mágoas e a pensamentos de não perdão é escolher o sofrimento. Não valorize a auto-piedade.
3. Lembre-se de que a sua raiva e julgamentos não poderão mudar o passado ou punir alguém, mas podem em vez disso fazê-lo sofrer. Os acontecimentos do passado não podem fazê-lo sofrer agora, mas os seus pensamentos acerca do passado podem causar-lhe imenso mal-estar e dor no presente. Reconheça que qualquer dor emocional que esteja sentindo neste momento é causada pelos seus próprios pensamentos.

4. Valorize o libertar-se, não de alguns, mas de todos os seus julgamentos. Não é uma coincidência que as pessoas mais felizes são aquelas que escolheram não julgar e que conhecem o valor do perdão.

5. Reconheça que agarrar-se à raiva não lhe dará o que deseja realmente. Pergunte-se a si mesmo, "Será que o agarrar-me à minha raiva justificada me trará a paz mental?" A raiva e a paz; o julgamento e a felicidade não ocorrem ao mesmo tempo.

6. Compreenda que não existe qualquer vantagem em punir a si mesmo. Quando reconhecer verdadeiramente que a sua raiva, e os pensamentos infelizes estão a envenenar a sua vida, você abraçará o perdão e conhecerá o significado do amor.

7. Acredite que o perdão significa abandonar a esperança de um passado melhor! Aceite o seu passado, perdoe o seu passado, e abrace o presente e o futuro com esperança! Não existe nenhuma lei a obrigá-lo a permanecer uma vítima do passado.

8. Decida ser feliz em vez de ter razão. Quando paramos de tentar controlar os outros e em vez disso nos concentramos nos nossos próprios pensamentos, nos damos o presente da liberdade e da paz.

9. Acredite que tem o poder de escolher os pensamentos que põe na sua mente. Talvez o maior presente que nos foi dado tenha sido o poder de escolher pensamentos amorosos em vez de pensamentos de raiva. A sua mente não é um caixote de lixo que possa permanecer inafetada pelo lixo que põe nela. Trate-a como a um jardim e ela florescerá.

10. Esteja disposto a fazer da sua paz mental o seu único objetivo e acredite que o perdão é a chave para felicidade. Independentemente do caos à nossa volta, podemos conhecer a paz se esse for o nosso único objetivo. Escolha não permitir que as circunstâncias exteriores ou pessoas decidam se você irá ser feliz ou não. A raiva, o julgamento e pensamentos de não perdão fazem sofrer, e libertando-os traz-nos a alegria. É verdadeiramente tão simples!

( Gerald Jampolsky e Diane Cirincione - Traduzido por Carlos Anastácio )
 
fonte:desenvolvendoaconsciencia.blogspot
 
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...