Testo


Namo Kuan Shih Yin Pu Sa
Fatima dos Anjos - Portal Arco Íris


Bem Vindos

Bem Vindos ao Portal Arco Íris - Kuan Yin

sábado, 30 de dezembro de 2017

O AMOR É A CHAVE

O AMOR É A CHAVE

 O que é isso que nos faz tirar forças dos recantos mais profundos de nosso ser, e que nos faz transcender nossas próprias limitações? O que é isso que consegue iluminar as trevas mais densas, nos fazendo enxergar, superar e caminhar por todas as adversidades? O que é isso que acalenta nossos espíritos quando a noite mais fria abraça nossos corpos? O que é isso que faz com que nos entreguemos de corpo e alma ao mundo, caminhando firmes e seguros em nossas direções? Que sentimento é esse que não vê cor, aparência, formato, crença, limitações, compreensões, inteligência, entendimento, índole, luz ou escuridão, pois independe de tudo para ser o que é? É este o sentimento que transcende todas as nossas compreensões? É este o sentimento do eterno? É este o verdadeiro amor?

O amor verdadeiro não se limita, não impõe condições, não busca conforto. O amor verdadeiro não é aquele que só afaga e diz aquilo que se quer ouvir. O amor verdadeiro não está fundado em hipocrisia. O verdadeiro amor é aquele se espalha aos quatro ventos, sem preconceitos, sem querer nada em troca, buscando apenas ser quem realmente é. Ele dá bronca quando é necessário, carinho quando é possível. Não busca querer agradar, busca ajudar na caminhada de cada um, independente do que seja necessário. O amor verdadeiro não é egoísta, às vezes abdica de sua imagem, credibilidade e confiança sempre em pró da evolução de cada um. Este é o amor incondicional. Um amor sem Ego, e sem dependências e limitações do mesmo.
O amor incondicional não diz o que se quer ouvir, mas o que se precisa ouvir. Ele não está preso ao que é certo ou errado, ele está além disso. Ilumina-se pois é parte da fonte primordial, portanto transcende a dualidade, transcende os pensamentos lineares, transcende os julgamentos mundanos. Sua verdade é a mais próxima da verdade una, e apenas quando nossos corações estão abertos e completamente entregues à luz é que conseguimos então abraçá-lo em toda a sua grandeza. Não, o amor incondicional não quer parecer bom, pois não quer parecer nada, só quer fazer o que é certo, ou mais próximo do que é verdade. Se para isso tiver de se tornar o vilão da história, assim o fará, pois está muito além dessas limitações.

A Chave da Vida

terça-feira, 26 de dezembro de 2017

Feliz Ano Novo.

Feliz Ano Novo.
Tudo que começa termina. Entretanto não há começo nem fim.
Tudo está em constante transformação. Como disse Lavoisier, nada se cria, nada se destrói, tudo se transforma, somos co responsáveis pelas transformações que estão acontecendo agora, pois somos a vida da Terra. De certa forma estamos todos e todas interligados.
É impossível nos separarmos do ar, do vento, da terra, das águas, das plantas, animais, outros seres humanos. Impossível nos recortarmos do passado, do futuro, do presente. Não viemos de fora, não vamos para fora.
Somos o processo vida em constante transformação.
Nossa maneira de pensar, olhar, falar, agir pode direcionar essa transformação.
Será que não queremos todos e todas viver em respeito e harmonia?
Será que não queremos ter ar, terra, água, plantas e animais saudáveis?
Será que podemos nos relacionar de forma menos violenta e agressiva.
Somos realmente capazes de compreender a nós mesmos e às pessoas com quem trabalhamos juntas?
Somos capazes de ver, ouvir e entender a nós e aos outros.
Pare por um instante.
Sinta sua respiração.
Perceba seus pensamentos e seus silêncios mentais.
Reconheça suas emoções.
Não reaja.  Aja.
É fim de ano.
Fim de uma fase em sua vida.
Fim de um capítulo, de um romance, de uma novela, de uma notícia. Para alguns é o fim de uma vida.
Isso significa que um ano novo vem chegando.
Uma nova fase se iniciando.
Um novo capítulo, um novo livro, notícia.
Para alguns é o início da vida.
Então, sorria.
Esta experiência de vida humana é rara, preciosa.
Passageira, rápida.
Aprecie sua vida.
Aprecie cada instante, cada experiência.
Mas não se omita.
Manifeste-se com sabedoria e compaixão.
Saiba compreender e acolher.
Transformar pelo amor.
E a vida se torna um processo delicioso, bonito, perfumado, sadio.
Saúde física, mental, social.
Que o ano possa findar com alegrias e grandes realizações.
Que o ano novo possa se iniciar novo, vazio, cheio de possibilidades e esperanças.
Faça sempre o seu melhor.
Procure a excelência.
Estamos terminando.  Estamos começando.
Sê feliz.
(Monja Coen)  .


sábado, 2 de dezembro de 2017

NÃO SEJAM JUÍZES DE SI MESMOS

NÃO SEJAM JUÍZES DE SI MESMOS
Mensagem de Kuan Yin através de Maria Silvia P. Orlovas
30 de novembro de 2017
Meus amados, é importante sempre pensar que você é uma alma antes de ser esse corpo.
Antes de tomar essa vida, antes de viver os seus carmas, antes ainda de pensar em você como uma individualidade, você é um espírito.
Imaginem o pólen de uma flor.
Ele é a flor. Mas ele é o pólen.
E esse pólen é o seu tanto, conectado ao Divino.

Se vocês estão passando por sofrimentos, não encarem o passageiro como eterno.
A vida na Terra, para o espiritual, é apenas um sopro.

domingo, 26 de novembro de 2017

Aprenda a deixar ir

Aprenda a deixar ir - Thich Nhat Hahn

"Se há coisas que te fazem sofrer, você tem que saber como deixá-las ir. Felicidade pode ser obtida soltando, deixando ir, incluindo deixando ir suas idéias sobre felicidade.
Você imagina que certas condições são necessárias para sua felicidade, mas olhando profundamente se revelará para você que essas noções são exatamente as coisas que ficam no caminho da felicidade e te fazem sofrer.

Um dia o Buda estava sentado na floresta com alguns monges. Eles tinham acabado de almoçar e já iam começar um Compartilhamento sobre o Dharma quando um fazendeiro se aproximou deles. O fazendeiro disse: “Veneráveis monges, vocês viram minhas vacas por aqui? Eu tenho dezenas de vacas e elas fugiram. Além disso, eu tenho cinco acres de plantação de gergelim e este ano os insetos comeram tudo. Eu acho que vou me matar. Eu não posso continuar a viver assim”.

S SETE ENSINAMENTOS DO LIVRO TIBETANO DO VIVER E DO MORRER OS SETE ENSINAMENTOS DO LIVRO TIBETANO DO

OS SETE ENSINAMENTOS DO LIVRO TIBETANO DO VIVER E DO MORRER
OS SETE ENSINAMENTOS DO LIVRO TIBETANO DO
VIVER E DO MORRER
por Sogyal Rinpoche

Na história da humanidade, sempre houveram muitos documentos e instruções que foram descobertas, mas nós agora lidamos com um problema: qual deles seguir? Bem, isso, cada um de nós precisará decidir por qual destino gostaria de seguir. De qualquer modo, esses antigos Ensinamentos Tibetanos irão simplificar um pouco sua vida.
Muitos pesquisadores e filósofos já anotaram, escreveram e tipificaram o que eles achavam que deveria ser feito aqui e porquê estamos aqui, em primeiro lugar. Muitas pessoas, na Era do Transcendentalismo tentaram tornar a vida mais fácil, e destacaram as necessidades básicas da vida. É uma tendência que parece nunca diminuir, e há vários tons de diferentes algoritmos, criados para informar, no tocante a proposta de uma vida mais simples.

quinta-feira, 26 de outubro de 2017

A descoberta do Buda – Pensamentos

A descoberta do Buda – Pensamentos
Sutra: Domine seus pensamentos.

Osho: Os pensamentos não param dentro da sua cabeça. Observe por alguns minutos e você se surpreenderá: a mente parece louca! Ela pula de um pensamento para o outro sem nenhuma razão. Basta um cachorro começar a latir na vizinhança e sua mente aproveita a deixa. Você se lembra do cachorro que tinha na infância e que o cachorro morreu… e você começa a ficar triste. E, por causa da morte daquele cachorro, você começa a pensar na morte, e na morte da sua mãe, na morte do seu pai….

E você fica com raiva, porque nunca se deu bem com a sua mãe… Havia sempre um conflito… O cachorro ainda está latindo, completamente inconsciente do que fez. E você já está há quilômetros dali!

Qualquer coisa pode disparar um processo em você. Esta é uma espécie de escravidão: você está à mercê de acidentes. Isso não é domínio. E um saniasin, um buscador, tem de ser um mestre. Ele pensa somente se quiser pensar; se ele não quiser, ele simplesmente desliga a mente. Ele sabe como ligá-la e como desligá-la.

domingo, 27 de agosto de 2017

Conheça as 6 regras do amor, na visão de Buda:

Conheça as 6 regras do amor, na visão de Buda:

Buda foi um filósofo, psicólogo e líder espiritual. Ele foi a revolução de sua época. Indo contra o conformismo tradicional, Buda revolucionou a forma de pensamento das pessoas, e até hoje é admirado e serve de referência para aqueles que buscam iluminação e um modo mais sábio de ser.

Buda ensina a humanidade grandes lições sobre todas as áreas da vida, mas neste artigo, vamos focar em seus ensinamentos sobre o amor.

De acordo com o grande mestre, existem 6 regras do amor. Confira abaixo quais são elas:
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...