Testo


Namo Kuan Shih Yin Pu Sa
Fatima dos Anjos - Portal Arco Íris


Bem Vindos

Bem Vindos ao Portal Arco Íris - Kuan Yin

sábado, 5 de novembro de 2016

NA MITOLOGIA CHINESA KWAN YIN É UMA DEUSA MÃE/PROTETORA


Na Mitologia Chinesa Kwan Yin é uma deusa Mãe/Protetora.

No Budismo da Terra Pura, Kwan Yin faz parte de uma tríade que é representada nos altares dos templos e é um tema habitual na arte budista. No centro, aparece o Buddha da Luz Infinita, à sua direita está o Bodhisattva da Força ou poder e à esquerda Kwan Yin, personificando a Misericórdia sem fim. Outra forma um pouco mais extensa de seu nome é Kwan Shi Yin ou seja: "Aquela que quer, observa e ouve os sons do mundo".
Ela é a Deusa do Amor, da Misericórdia, da Compassividade e Compaixão, amparadora dos seres cujos atos geram severos ajustes cármicos.
Representa a grande força da Mãe Universal no Oriente assim como a Mãe Maria, no Ocidente.
Antes da Saint Germain,ela era a chohan do Sétimo Raio. Hoje sustenta os atributos do raio Lilás (violeta e rosa) do Perdão e da Misericórdia Divina, irradiado de seu Templo da Misericórdia sobre Pequim, na China.
São ilimitados o seu amor e compaixão. A deusa da Misericórdia, que é mediadora do Conselho Cármico, está pronta a atender os apelos de quem a solicita.
Kuan Yin - A Salvadora Compassiva
Kuan Yin é a Salvadora Compassiva do Leste. Por todo o Oriente altares dedicados a esta Mãe da Misericórdia podem ser achados em templos, casas e grutas nos caminhos.
Orações à Presença dela e à sua Chama estão incessantemente nos lábios dos devotos à medida que buscam orientação e socorro em todas as áreas da vida.
Muito presente na cultura oriental, Kuan Yin tem despertado interesse em seu caminho e ensinamento entre um número crescente de devotos ocidentais, que reconhecem a poderosa presença da "Deusa da Misericórdia", junto com a da Virgem Maria, como iluminadora e intercessora da Sétima Era de Aquário.

Meus amados discípulos:

Já muito foi dito sobre as virtudes do perdão e da misericórdia. Contudo, os antigos ensinamentos do Oriente não estabelecem a complacente Lei do Amor Divino. E, no entanto, esta Lei existe, bastante perceptível para o sincero estudante esoterista, como também para aqueles que são contemplados pela bênção da misericórdia e do perdão, no momento enquanto expressam amor aos seus semelhantes.
Devemos esclarecer que esta Lei somente foi sancionada quando surgiu o carma (causa e efeito) entre os seres humanos. No início da Criação, toda vida se encontrava alicerçada na pureza da energia-luz celestial, portanto perfeita.
Somente após a queda do homem da caudalosa energia-luz puríssima; quando ele, pelo livre arbítrio, gerou causas negativas, surgindo o efeito cármico retroativo, entrou em vigor o planejamento da benevolente e clemente Lei da Misericórdia e Perdão.
Entretanto, essa Divina Lei é bem mais ampla. O homem recebe a bênção da misericórdia, mesmo que se trate de um merecimento menos plausível. Quando ele se arrepende de suas faltas, erros e maldades aplicadas; quando ele pratica o perdão em relação aos seus semelhantes que lhe causaram injustiça..., a misericórdia sempre está presente, basta abrir seu coração e aceitá-la.
Reconhecemos a misericórdia dos Grandes Seres de Luz, os Quais projetam do Universo à Terra, Suas forças lucificadas e, com isso, muitas trevas são afastadas da face do planeta, trevas geradas por meio de atitudes ignóbeis da humanidade.
Vós, amados filhos de longas eras, conseguistes alcançar as bênçãos da misericórdia, devido ao vosso Serviço Prestado á Luz; portanto, gostaria de confirmar que vos encontreis na caudalosa Luz da Misericórdia Celestial, sempre que praticais, em concentração e apelos, o Fogo Purificador que liberta a vida de trevas acumuladas em longas eras.
Eu Sou uma condutora desta caudalosa energia divinamente qualificada com amor, compaixão e misericórdia. Consciente do poder destas virtudes, deveríeis dar mais ênfase à realidade da eficácia de seu resultado e fazer uso da bênção da misericórdia a qualquer injustiça (no modo de vosso entender), pois estas jazem incrustadas em vosso fardo cármico, injustiças que em vidas pretéritas praticastes.
Abençôo vosso trabalho em prol do bem comum à humanidade.

(Ponte para a Liberdade)

Agradecemos a inclusão deste blog em seu compartilhamento.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...